"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

SEJA UM COLABORADOR DO JORNALISMO INDEPENDENTE

SEJA UM COLABORADOR DO JORNALISMO INDEPENDENTE

TVT: LULA, CIRO E DILMA na inauguração popular da transposição das águas do rio São Francisco

segunda-feira, 11 de julho de 2016

5

SUSPEITOS POR EXPLOSÃO A BANCO DE ANAJATUBA/MA SÃO FUZILADOS EM CONFRONTO COM POLICIAIS MILITARES

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


DUPLA FAZIA PARTE DA QUADRILHA QUE EXPLODIU A AGÊNCIA DO BRADESCO DE ANAJATUBA (MA), NA ÚLTIMA TERÇA-FEIRA (5). ELES ERAM MONITORADOS E, EM TROCA DE TIROS, FORAM MORTOS EM POVOADO. UM MEMBRO QUE PARTICIPOU NA EXPLOSÃO DA AGÊNCIA DE BURITI/MA TAMBÉM FOI CAPTURADO.


Na tarde de ontem, domingo 10/7, uma operação da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) que contou com policiais do COSAR (Curso de Operações e Sobrevivência em Áreas Rurais), CTA (Centro Tático Aéreo) e homens da Força Tática da 8ª CI PMMA de Itapecuru-Mirim acabou em cerco, confronto e morte de dois suspeitos pela explosão a uma agência bancária de Anajatuba (MA), distante 251 km de Buriti/MA, na região da Baixada Maranhense, ocorrida na última terça-feira (5). Eles vinham sendo monitorados e, em troca de tiros, foram mortos no povoado Picadas.
A força tarefa também foi constituída pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional de Itapecuru e pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).
De acordo com o cabo Carlos, da PM-MA, a ação ocorreu por volta das 17h. Durante três dias, equipes policiais fizeram o cerco para descobrir o local exato do esconderijo da dupla. Na abordagem, houve resistência dos suspeitos.
 A operação conjunta visava capturar pelo menos 06 bandidos de uma quadrilha especializada em assalto a bancos.  Um deles, Jefferson Luan Sampaio da Cruz, morreu logo após o primeiro confronto com a PM ainda no mesmo dia da explosão da agência bancária do município de Anajatuba/MA.   As buscas não cessaram e, na última quinta-feira (7), a polícia conseguiu prender Renato Menezes da Silva (natural de Santa Inês), um membro da quadrilha que confessou ter participado também da explosão à agência do Banco do Brasil em Buriti/MA (três dias antes do caso de Anajatuba), na madrugada de dia 2 de julho, quando seis bandidos fortemente armados atemorizaram os buritienses.  A confirmação desta prisão foi repassada ao Correio Buritiense por policial que participou diretamente das operações. Dois membros da quadrilha ainda estão sendo procurados pela Polícia.
Luan Cruz esbanjando o dinheiro de roubo:
Este foi morto no 1º confronto com a PM logo após o roubo em Anajatuba.
Renato Menezes foi preso e, segundo informações, teria 

participado também da explosão à agência de Buriti/MA.
Foram encontrado com eles um fuzil 762, três motos roubadas, três armas calibre 12 e dois revólveres ponto-40.

Empenho da PM

 A polícia militar do MA mostra mais uma vez sua garra e determinação em combater a criminalidade e proteger população da ação de bandidos que têm tirada a paz das pequenas cidades do interior do Estado.  Sem dúvidas, toda força policial utilizada (COSAR, FT, CTA, SEIC, PC) na ação merecem o reconhecimento, principalmente pela forma incansável com os policiais se empenharam na caçada a esses quadrilheiros. Parabéns a Força Tática de Itapecuru e Anajatuba que fazem parte da 8ª CI PMMA


← Anterior Proxima → Página inicial

5 COMENTÁRIOS:

  1. Ágora ele vai esbanjar lá no inferno

    ResponderExcluir
  2. Cadê o policial de buriti que passou enformacoes erradas

    ResponderExcluir
  3. Cadê o policial de buriti que passou enformacoes erradas

    ResponderExcluir
  4. Esses demônios têm quê ser fuzilados mesmo

    ResponderExcluir
  5. Espero que consigam pegar os dois que faltam desta quadrilha nos merecemos sosego.

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online