"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Faça sua aposta no Mix Best

quarta-feira, 6 de julho de 2016

0

SENADORA KÁTIA ABREU NOCAUTEIA GOLPISTAS: DA FRAUDE DO DÉFICIT DE R$170 BI, 50 BI FORAM PARA GARANTIR O IMPEACHMENT

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


EM DISCURSO NO SENADO ONTEM (5), A EX-MINISTRA DA AGRICULTURA ATRIBUIU O PROCESSO DE IMPEACHMENT À “IMPLICÂNCIA” E AO “DERROTISMO” DO PRESIDENTE AFASTADO DA CÂMARA, EDUARDO CUNHA, A QUEM ELA CHAMOU DE “ESCROQUE INTERNACIONAL”; VEJA O VÍDEO.

Na última terça-feira (5), a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) fez um discurso na Comissão Especial do Impeachment. Em sua fala, a ex-ministra da Agricultura do governo Dilma afirmou que as ações contra a presidenta foram motivadas “por implicância e derrotismo de Eduardo Cunha”. “Esse escroque internacional fez com que a Câmara dos Deputados não votasse as medidas para consertar o país”, ressaltou.
Ela destacou ainda que, apesar de Dilma ter sido acusada por adversários de envolvimento com corrupção, diversos partidos foram citados em delações premiadas. “A corrupção que todos falam no governo da Dilma foi ela sozinha ou foram todos os partidos que mamaram nas tetas deste governo durante cinco anos?”, questionou.
“A presidenta Dilma, eu quero dizer a todos os brasileiros, não é uma pessoa corrupta, é uma pessoa correta. E se nós fôssemos colocar agora nesta mesa, neste auditório, todos que estão sendo investigados pela lambança de todos os partidos, mas estão todos aqui caladinhos, escondendo a sujeira para debaixo do tapete?”, provocou.
Kátia fez também uma comparação de dados nos últimos anos dos governos de Fernando Henrique, Lula e Dilma, sinalizando que a situação econômica do Brasil estava pior em 2002 do que em 2016.
“A dívida bruta no último ano de FHC era de R$ 76 bilhões. Do Lula, R$ 53 bilhões. Da Dilma, R$ 66 bilhões. O desemprego, no último ano de FHC, era de 18,5%. Do Lula, 10%. Da Dilma, 13,9%. Inflação: no governo Fernando Henrique, era de 12,5%. No de Lula, 5,9%. No de Dilma, 10,6% – e agora, em abril, 9,28%. Que destruição é essa que dizem que Dilma fez, a maior destruição que alguém já fez na economia brasileira?”, indagou.
VEJA O VÍDEO ABAIXO:



← Anterior Proxima → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online