"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

SEJA UM COLABORADOR DO JORNALISMO INDEPENDENTE

SEJA UM COLABORADOR DO JORNALISMO INDEPENDENTE

TVT: LULA, CIRO E DILMA na inauguração popular da transposição das águas do rio São Francisco

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

12

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE BURITI FAZ MOBILIZAÇÃO CONTRA EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Objetivo da campanha é mostrar como erradicar e prevenir qualquer forma de exploração e trabalho infantil no município.
A Secretaria Municipal de Assistência Social de Buriti (MA), em parceria com o Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e o Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), realizou, na última segunda-feira (30), uma grande mobilização contra a exploração do trabalho infantil. A ação é uma das estratégias da secretaria, com a participação do Cras e Creas, com o objetivo de erradicar e prevenir qualquer forma de exploração e trabalho infantil no município de Buriti (MA).
Durante a mobilização houve distribuindo de folders explicativos, que abordavam o tema da exploração, nos principais pontos da cidade, tais como comércios centrais, nos mercados novo e velho, na rodoviária, na Piscina Bar, nos lava-jatos e nas lojas de moto peças. A ação teve início por volta das 9h e se estendeu até as 11h30.
Participaram do ato as técnicas do Cras e Creas, assistentes sociais, psicólogas e orientadores sociais.
A Secretaria de Assistência Social é comanda pela ex-primeira dama Ivonilce Mourão. A pasta é responsável pela realização de politicas públicas municipais de proteção social básica. O Cras e o Creas são órgãos vinculados a esta secretaria.
Fazem parte do corpo especializado do Cras a assistente social Mylla Christie, a psicóloga keywellane Lima e a coordenadora Isadora Monteles. No Creas são a assistente social Dhenne Kelly, a psicóloga Elizabeth Layanne e as orientadoras sociais Vanessa e Vânia, além da coordenadora Dorivânia. 
MAIS IMAGENS DA AÇÃO
← Anterior Proxima → Página inicial

12 COMENTÁRIOS:

  1. Estão precisando fazer uma grande mobilização ao trabalho escravo que vem ocorrendo em Buriti, praticado pelas pessoas mais pobres desta cidade, os que capinam e limpam as ruas, pois ele além de ganharem em diárias de 30 reais, passam de 6 meses para receber 4 diárias! uma grande Vergonha para a Prefeitura desta Cidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade são humilhados por esses bando de ladrão. descobriram q tem gente q tem salário de 6 mil e recebe menos da metade 😭😭😭

      Excluir
  2. Buritiense3/12/15 16:44

    Muito legal a parceria entre a Secretaria de Assistência Social, o CRAS e CREAS em mobilizar a sociedade buritiense no combate a exploração do trabalho infantil. Todos nós cidadãos brasileiros sabemos que lugar de criança e na escola. Sabemos também que a maioria dessas crianças vêem o trabalho como alternativa de ajudar no complemento do orçamento da família para que tenham minimamente suas necessidades básicas supridas. Tendo em vista que o Estado do Maranhão tem um dos menores IDH do Brasil, que dirá a nossa querida Buriti, o que a Secretaria de Assistência Social tem para apresentar como solução de melhoria da renda para as famílias dessas crianças?

    ResponderExcluir
  3. Falou a vdd isso mesmo deveria ver k este pobre cApina as ruas kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, eu não sei se você escreveu isso quando estava bêbado ou se seu conhecimento de língua portuguesa é precário, mas qualquer pessoa que tenha o mínimo de estudo sabe que não se mistura maiúsculas com minúsculas e que existem pontos e vírgulas. Abraços.

      Excluir
  4. Deem uma boa solução pra esses trabalhadores que varrem as ruas de Buriti leitores do correio que só sabem reclamar ???? Cadê a sugestão ou melhor solução de vocês??? A pobreza ou exploração sempre vai existir é um problema estrutural e pra quem não sabe como vocês analfabetos que vivem de criticar o trabalho alheio, quer dizer esta intrinseca na sociedade, vem do contexto Cultural do Brasil, desde o período colonial. É um conjunto falta educação pra essas pessoas, Cultura, essas pessoas tem costumes e hábitos impregnados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Como você mesmo(a) disse, "a pobreza e exploração sempre vai existir", mas por que não amenizar todo esse problema que no qual as pessoas vem deixando ser irrelevante? Pelo menos o sistema deveria providenciar um salário mais digno dos esforços dessas pessoas. Sem preconceito, são pessoas pobres e como se não bastasse a discriminação sofrida por elas, as mesmas (maioria) vivem em situação de calamidade.

      Excluir
  5. A politica pública de assistência social pra quem não sabe, oferece serviços de convivência e fortalecimento de vínculos destacando-se faixas etarias, no entanto muitos pais não incentivam seus filhos a quererem participar, existem profissionais competebtes desempenhando e as papel no município mas infelizmente a oposição só sabe criticar, os serviços são os mesmos oferecidos em todo o país. Esta na lei, mas vocês não conhecem leis pelo visto. Rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Cadê a capacitação dessas pessoas pra exercerem outra funções, as políticas pública trabalham junta assistência, Saúde e educação, muitas pessoas não tem sequer educação, como terão oportunidades melhores. Parabéns pelo trabalho Secretaria Municipal de assistência social de buriti, bela ação, é assim mesmo aos poucos que a começa a mudar a realidade da cidade. Através de pequenas ações!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo comentário leitor que escreveu o segundo comentário! Você sim entende do assunto e sabe o que está falando e nao esses desinformados que não entendem sequer de política

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo comentário leitor que escreveu o segundo comentário! Você sim entende do assunto e sabe o que está falando e nao esses desinformados que não entendem sequer de política

    ResponderExcluir
  9. Essa pessoa que escreveu o comentário querendo dizer que o leitor não sabe escrever ou ler por conta das letras maiusculas e minusculas é mesmo um sem noção, até pq seu desinformado que só sabe criticar o nome das instituições como esta exposto em silga se nao sabe deve ser usado assim maiúsculo dando reverência.

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online