"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

Conferência de Mulheres da Assembleia de Deus em Buriti-MA

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Charles Crispim na Balada Fight - Edição Tatto

sábado, 5 de dezembro de 2015

0

MULHER MORRE APÓS PARTO E FAMÍLIA FALA EM ERRO MÉDICO EM HOSPITAL DE CHAPADINHA/MA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


A morte da dona de casa Sandra Araújo dos Santos, 28 anos, virou caso de polícia, porque familiares suspeitam que tenha havido negligência médica.
Esta é a 4ª morte suspeita de gestantes, no Hospital Regional de Chapadinha em menos de dois meses.
 Mais um caso suspeito de morte de gestante vem à tona em Chapadinha, a 76km de Buriti (MA). Reportagem do Blog do Alexandre Cunha apurou os fatos e revela detalhes do caso. Confira abaixo.
Sandra Araújo dos Santos, 28 anos, perdeu a vida prematuramente, após dá a luz a seu segundo filho, na última segunda feira (30), no Hospital Regional de Chapadinha (HAPA). A jovem era casada e residia na 4º Travessa Augustinho Ribeiro, bairro Areal. 
De acordo com a reportagem, ela teria dado entrada no Hospital por volta das 17h da última segunda-feira (30), já sentido as dores do parto, e após ser atendida foi indicado uma cirurgia cesariana, realizada pelo médico Dr. Sergio.
Passado algumas horas após a cirurgia Sandra Araújo começou a passar mal se queixando de fortes dores na barriga e perdendo muito sangue e no dia 1º de dezembro, cerca de 6h, ela não resistiu e morreu.
A Sra. Maria Raimundo, cunhada de Sandra e sua acompanhante no hospital, relatou que uma enfermeira, teria dito que o médico apenas retirou o bebê sem estacar e limpar a paciente. “Na hora que ela (Sandra) tava passando mal, eu fui chamar uma enfermeira, ai, a enfermeira veio, ai ela disse há! Mãezinha é porque o médico fez só abrir e tirar o bebê e não a limpou, por isso que ficou coalhada (coágulos de sangue), aí ela pelejou pra retirar o sangue, mas não conseguiram tirar o sangue”; declarou a cunhada.
O esposo de Sandra, Lidimauro Pereira da Silva, diz não entender o que aconteceu e qual foi o motivo da morte da esposa, e que o Hospital não teria dado ainda nenhuma justificativa. Ele se queixa que o médico, após o procedimento, não fez o acompanhamento necessário da paciente durante a noite para verificar a gravidade do caso.
Lidimauro afirma ainda que quando chegou pela manhã ao Hospital sua esposa passava mal e não havia médico. “Na hora que eu cheguei não tinha nem um médico, foi o jeito eu chamar, bater na mesa, bater no balcão, cadê o médico? Cadê o médico? Cadê o médico? Depois que ligaram pro Doutor, não sei de onde foi que o Dr. Raimundo veio, mas nessa hora não tinha médico e era pra ter médico”, relatou indignado do Blog.
Na mesma manhã da morte da esposa, Lidimauro procurou a delegacia regional de Polícia para comunicar o fato às autoridades e registrou um Boletim de ocorrência. Quando os delegados Jairon Timbó Sales e Ironeide Elvira de Melo tomaram conhecimento do fato, imediatamente, encaminhou o corpo para o instituto Médico Legal (IML), para que fosse submetido ao exame cadavérico. 
Ofício solicitado exame cadavérico
De acordo com familiares, Sandra fez todo o pré-natal normal, e estava bem de saúde não apresentava nem uma doença. A criança passa bem e está com o pai. Este foi o segundo filho do casal.
 A redação do Blog Alexandre Cunha entrou em contato com o secretário de Saúde Allan Monteles, segundo ele a prefeitura só irá se pronunciar oficialmente sobre o caso mediante resultado do exame cadavérico feito pelo o IML, Alan disse ainda que foi dado todo o suporte no traslado do corpo para São Luís, e que está à disposição da família para qualquer informação.  
O médico citado na matéria não foi localizado pela Redação do Blog do Alexandre Cunha.
VÍDEO REPORTAGEM FEITA COM FAMILIARES E O ESPOSA DE SANDRA:
← Anterior Proxima → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online