"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

Conferência de Mulheres da Assembleia de Deus em Buriti-MA

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Charles Crispim na Balada Fight - Edição Tatto

segunda-feira, 11 de maio de 2015

0

DEPUTADA ANDREA MURAD “DETONA” ROGÉRIO CAFETEIRA E SUGERE QUE ELE SEJA UM TRAIDOR NO GOVERNO FLÁVIO DINO

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


*DA REDACAO DE JORNAL O 4º PODER 
A deputada Andrea Murad (PMDB), rebateu na tribuna da Assembleia, na tarde desta segunda-feira (11), os ataques do também parlamentar Rogério Cafeteira (PSC), durante entrevista a uma emissora de rádio no município de Timon.
O líder do Governo na Assembleia Legislativa, não poupou adjetivos negativos ao o ex-secretário de Estado da Saúde, ex-deputado estadual e pai de Andrea, Ricardo Murad, durante em entrevista ao programa de rádio Tribuna Independente. Andrea Murad, também foi alvo das acusações pesadas de Rogério Cafeteira.
Cafeteira, acompanhando a Comissão de Obras da Assembleia Legislativa, esteve em visita às obras inacabadas naquela cidade e ao ser entrevistado pela emissora local, começou a disparar declarações duras contra a sua colega de parlamento, deputada Andréa Murad (PMDB), a quem classificou de “marionete do pai, Ricardo Murad”.
Segundo Andrea, o próprio Rogério Cafeteira teria lhe enviado uma mensagem pela rede social WhatsApp, negando que tivesse dito qualquer coisa contra a parlamentar, ou contra o seu pai. Entretanto, a deputada foi alertada por sua assessoria de que o deputado estava mentindo e tinha, sim, feito as declarações agressivas.
Andrea explicou que Cafeteira encaminhou um e-mail à Ricardo Murad, se justificando pelos ataques em Timon.
Na tribuna, Andrea Murad se declarou perplexa com a atitude do colega de parlamento.
“Se for homem e tiver coragem, faça um requerimento e convoque-o [Ricardo Murad] aqui para aquilo que acha que ele precisa dizer”, desafiou.
A deputada criticou também a postura de Cafeteira em relação ao blogueiro e jornalista Luís Cardoso, a quem o deputado classificou de canalha.
“E posso subir nessa tribuna para dizer que não tenho qualquer tipo de relação com o blogueiro Luís Cardoso. O que ele diz, o que ela fala, não é responsabilidade minha e não é papel de um deputado chamar jornalista de canalha”, desabafou.
Andreia foi ainda mais longe em seu discurso e afirmou que o deputado Rogério Cafeteira não tem moral, ética e decência. “Ele não consegue entender que o papel de um líder é muito maior do que estar afrontando os outros, do que estar esculhambando os outros”.
“O ladrão, o safado do Ricardo Murad foi quem lhe ajudou na questão do INCRA. Foi para quem V. Ex.ª foi chorar na minha casa, para pedir para o Secretário interceder junto com Aluísio Mendes quando estava sendo achacado pelo Pedro Meireles. V. Ex.ª não tem, deputado Rogério, moral alguma para falar de mim”, desabafou.

O líder do governo seria um traidor?
A deputada acabou deixando Cafeteira numa situação bastante delicada ao afirmar que ele, na posição de líder do governo Flávio Dino teria lhe procurado para que ela denunciasse o próprio governo que ele defende.
“V. Ex.ª não tem moral alguma para me chamar de deputadinha, porque deputadinho é V. Ex.ª que sabe exatamente tudo que me disse nesse corredor enquanto eu estava sentada na minha cadeira, quando disse para denunciar o próprio governo ao qual defende”, finalizou.
← Anterior Proxima → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online