"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

COMPRE JÁ

COMPRE JÁ

Confraternização da Amib

Confraternização da Amib

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

3

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA REGISTRA NÚMERO DE VISITAS RECORDE EM 2014

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


No último ano, o site recebeu 14,6 milhões de visitas. Em 2004, ano de sua criação no primeiro governo Lula, a quantidade de acessos foi de 64,3 mil.

* Com informações do site da CGU
Em 2014, Portal também trouxe melhorias na navegabilidade e transparência dos gastos públicos.
Portal da Transparência do Governo Federal, mantido pela Controladoria-Geral da União (CGU), recebeu, em 2014, 14,6 milhões de visitas, recorde anual de acessos desde a criação do Portal em 2004. Por mês, a média ficou em 1,2 milhão, maior número já registrado.
Nos últimos dez anos, o Portal tem tido crescimento expressivo no número de visitas a cada ano. De 2013 a 2014, por exemplo, esse número foi de 32%, sendo que os três estados que mais acessaram o site foram: Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. A média de tempo gasto no Portal foi de 4 minutos e 38 segundos.
O Portal tem o objetivo de aumentar a transparência da gestão pública, ao permitir que o cidadão acompanhe como o dinheiro público é utilizado e ajude a fiscalizar. Em 2014, o Portal da Transparência trouxe mudanças que contribuíram para a melhoria da navegabilidade e da transparência dos gastos públicos. Houve novidades como a disponibilização de dados sobre imóveis funcionais, bem como a integração dos dados dos convênios do Portal com o do Sistema de Convênios (Siconv).
No balanço de 2014, as cinco seções mais visitadas foram: servidores (55,14%), despesas diárias (11,54%), convênios (2,82%), Cadastro Nacional das Empresas Inidôneas e Suspensas (1,50%) e Copa 2014 (0,66%). E os aparelhos mais utilizados para acessar foram: computador (89,53%), celular (8,21%) e tablet (2,26%).

Serviços oferecidos pelo Portal
O Portal da Transparência publica diversas informações relativas ao Poder Executivo Federal. São disponibilizadas informações sobre transferências de recursos, gastos diretos, execução orçamentária e financeira (inclusive dados diários), receitas e convênios.
Além disso, estão disponíveis no Portal outros tipos de consultas, tais como: servidores (remuneração e Cadastro de Expulsões); imóveis funcionais; consultas temáticas (Bolsa Família, diárias, Cartão de Pagamento do Governo Federal, transparência nos Estados e Municípios), Cadastro de Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos Impedidas (Cepim), Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas (Ceis).
← Anterior Proxima → Página inicial

3 COMENTÁRIOS:

  1. O Prefeito Rafael até agora não pagou os contratados do ensino regular e EJA...Senhor prefeito será mais um golpe que o senhor vai dar aos trabalhadores do nosso município...???eis a questão...onde colocou o dinheiro que não pertence a você???Trabalhe com dignidade...seje homem...

    ResponderExcluir
  2. Num é pedir de mais pra um politico ser homem? uma vez que sua dignidade evaporou quando entrou pra esse ramo???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedi finais?!Acredito que não.Afinal não e pq entrou no ramo da politica que deve deixar de botar seus compromissos com a população .Neném Mourão nunca deixou de pagar funcionario algum nem de pagar suas contas no municipio.Se trabalhamos e pq precisamos, temos compromissos.Ou ele tem como objetivo que os cobradores andem atrás dos contratados assim como andam atrás dele?! Es a questão ...!!!

      Excluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online