"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

Conferência de Mulheres da Assembleia de Deus em Buriti-MA

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

Charles Crispim na Balada Fight - Edição Tatto

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

1

SÃO LUÍS - Presos Cavam Túnel E Fogem De Pedrinhas

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


É a 2ª vez em uma semana que detentos escapam do presídio; secretário diz que não houve vistoria no local entre domingo e terça
*Com informações de estadao.com.br
Uma nova fuga de presos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão, aconteceu na madrugada desta quarta-feira, 17. Detentos escaparam por um túnel cavado no Presídio São Luís I. A Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) ainda contabiliza os presos para divulgar quantos fugiram. Informações preliminares dão conta de que 11 escaparam. Esta é a segunda fuga em uma semana. 
Irritado, o secretário da Sejap, Sebastião Uchôa, afirmou que não foi realizada vistoria de domingo, 14, a terça-feira, 16, no presídio, o que permitiu que os presos cavassem o túnel. Ele afirmou que a secretaria apurará e que os responsáveis serão punidos. 
Após a paralisação dos agentes penitenciários do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e de uma empresa terceirizada de vigilantes (Atlântica), por volta das 9h desta manhã (17), um novo tumulto foi registrado. Os detentos da Casa de Detenção (Cadet) aproveitaram o momento da paralisação para tentar fugir, mas foram coibidos pela Força Nacional e Polícia Militar.
  O momento no local é de tensão, policiais usam bala de borracha, o Grupo Tático Aéreo (GTA) também está monitorando o presídio. Agentes da Rotam, Geop e Força Tática entraram na Casa de Detenção. Neste momento os detentos estão no pátio da Casa. Há informações de que celas e corredores estão depedrados. Não há informação de feridos.
LINKS RELACIONADOS
A Tropa de Choque da Polícia Militar ocupou a penitenciária na manhã desta quarta-feira, e o clima é tenso na unidade prisional. 
No último dia 10, 36 presos fugiram da penitenciária após um caminhão caçamba derrubar o muro do Centro de Detenção Provisória. Até o momento, somente dois presos que fugiram dia 10 foram recapturados. 
Na segunda-feira, 15, o diretor da Casa de Detenção de Pedrinhas, Cláudio Barcelos, foi preso, acusado de facilitar fuga de presos. Ele cobraria entre R$ 2 mil e R$ 300 mil para liberar saídas de detentos. 
PARALISAÇÃO DOS AGENTES
De acordo com o Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário, aproximadamente 30 a 40 agentes penitenciários estão neste movimento. Eles reivindicam melhores condições de trabalho, como equipamentos, armas, algema, o afastamento do Secretário de Estado de Justiça e de Administração Penitenciária (Sejap), Sebastião Uchôa, o concurso de caráter de urgência e a revogação da portaria que proíbe o uso de celulares para funcionários.
Segundo informações do sindicato, a paralisação continua por tempo indeterminado, até que o Estado entre em negociação.
A empresa terceirizada Atlântica, que faz o serviço de vigilância do presídio aderiu à paralisação, a reivindicação deles é de ajuste salarial de 30%, transporte próprio para a locomoção dos funcionários e equipamentos de segurança. Segundo o diretor de Comunicação do Sindicato dos Vigilantes do Maranhão (SINDVIG), Dionilson Freitas a paralisação ocorre de forma legal.
← Anterior Proxima → Página inicial

1 COMENTÁRIOS:

  1. Esse é o maranhão governado pela familia sarnei ,e ainda tem gente que não quer mudança .MAIS QUE POVO BURRO.

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online