"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

SEJA UM COLABORADOR DO JORNALISMO INDEPENDENTE

SEJA UM COLABORADOR DO JORNALISMO INDEPENDENTE

TVT: LULA, CIRO E DILMA na inauguração popular da transposição das águas do rio São Francisco

domingo, 31 de março de 2013

7

BARRRO BRANCO É CAMPEÃO DO TORNEIO RIO PRETO 2013

Compartilhe:

Print Friendly and PDF



Num jogo catimbado no primeiro tempo, o time do Barro Branco venceu, ontem (30), por 1 a 0, a equipe do Salão do Bila e consagrou-se campeão do Torneio Rio Preto 2013.
Durante o primeiro tempo, as poucas chances reais de gol estiveram com o Salão do Bila que, aos 7min, desperdiçou uma ótima oportunidade de abrir o placar. No segundo tempo, o Barro Branco reagiu e numa jogada de lateral, aos 10min, Fernandinho (10), contando com uma falha do goleiro do time bilense, faz o único gol da partida. A equipe do Salão do Bila era favorita após ter derrotado na quinta (28) o Rio Preto, o melhor time, taticamente, no torneio, mas sucumbiu diante do Barro Branco, que tinha 4 reforços de fora.
ESCALAÇÃO DAS EQUIPES FINALISTAS
BARRO BRANCO
SALÃO DO BILA
1-Cleiton
(goleiro)
Reservas:
26-Júnior
 (goleiro)
Reservas:

2-Rogério
12-Júlio César
3-Neto
2-Petel
3-Edivaldo
13-Maurício
4- Zé
13-Rômulo
4-Charle
14-Gildázio
5-Lourinho
14-Darlean
5-Mael
16-Nélio
6-Mateus
15-Brendo
6-Antonildo

7-Douglas
16-Peteca
7-Careca

8-Jorge

8-Paja

9-Quita

10-Fernando

10-Rodriguinho

11-Leo

11-Alysson

O TORNEIO RIO PRETO
O torneio Rio Preto, organizado pela família Raposo, é uma tradição que acontece todos os anos, desde 1993, no período da Semana Santa, sendo todo disputado no próprio povoado que dá nome à disputa.
Neste ano participaram oito equipes, foram elas: Rio Preto, Faveira, Cabeceiras, Riacho Seco, Matinha, CC, Salão do Bila e Barro Branco.
A PREMIAÇÃO DO TORNEIO
O vice-campeão (Salão do Bila) do torneio ficou com o prêmio de R$ 300 reais e o grande campeão, Barro Branco, embolsou R$ 500 reais.
Ainda teve medalhas para o melhor goleiro, artilheiro, jogador revelação e clube mais disciplinado.
IMAGENS DA PREMIAÇÃO














VEJA AS IMAGENS DA PARTIDA







Família Cardoso na torcida por Rodriguinho da equipe do Salão do Bila..






Reforços do Barro Branco.

sexta-feira, 29 de março de 2013

2

PRESIDENTE DO SUPREMO, JOAQUIM BARBOSA, DIZ QUE IMPRENSA DEVE VIGIAR VIDA PÚBLICA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF



O presidente do Supremo Tribunal Federal e relator do processo do mensalão, Joaquim Barbosa, foi escolhido Personalidade do Ano na 10ª edição do Prêmio Faz Diferença, do jornal O Globo. Em seu discurso de agradecimento, Barbosa defendeu que a vida pública deve ser vigiada pela imprensa, e que a transparência e abertura total e absoluta devem ser a regra.
Joaquim Barbosa destacou a sinergia entre a imprensa e o Judiciário. “É uma sinergia grande, importante e relevante para um setor tão impenetrável, que tem a missão de julgar. Vou continuar fazendo o que sempre fiz: ter sempre o interesse público em primeiro lugar”, disse Barbosa, que foi aplaudido pelos convidados.
Recentemente, o presidente do Supremo foi convidado a ser palestrante em dois eventos sobre imprensa. A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) convidou o ministro para ser um dos palestrantes do congresso internacional da entidade, que debaterá as relações entre fontes e jornalistas no Judiciário. O encontro está marcado para outubro, no Rio.
Também foi convidado pela Unesco para dar uma palestra no dia 4 de maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, em San José, na Costa Rica. Sobre esse evento, o ministro afirmou que espera poder relatar a robustez da imprensa do Brasil e o papel na democracia, “principalmente no setor ao qual pertenço, que é o Poder Judiciário”, afirmou.
Relação com a imprensa
No início de março o presidente do Supremo foi criticado após se dirigir de maneira ríspida ao repórter Felipe Recondo, do jornal O Estado de S. Paulo. O repórter o abordou com uma pergunta na saída de uma sessão do Conselho Nacional de Justiça. Além de não responder ao questionamento, o ministro falou para o jornalista "chafurdar no lixo” e o chamou de "palhaço".
De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, o motivo para o ministro Joaquim Barbosa ter reagido dessa forma pode ter relação com levantamento sobre gastos com viagens e reformas em gabinetes e apartamentos dos ministros feito pelo jornal em que Recondo trabalha.
Em nota, a assessoria de imprensa do Supremo justificou o ocorrido dizendo que “o presidente, tomado pelo cansaço e por fortes dores, respondeu de forma ríspida à abordagem feita por um repórter”. A nota afirma ainda tratar-se de “episódio isolado que não condiz com o histórico de relacionamento do ministro com a imprensa”.
Poucos dias antes o ministro já havia sido alvo de críticas por parte dos magistrados, após afirmar que os juízes brasileiros têm mentalidade “mais conservadora, pró status quo, pró impunidade”, em entrevista coletiva exclusiva para jornalistas estrangeiros.
Ayres Britto
Na categoria País, o ganhador foi o ex-ministro e ex-presidente do Supremo Carlos Ayres Britto. Em seu discurso, Britto salientou a importância do STF e afirmou que os ministros não tem o direito de ficarem de mau humor. “São tantas as possibilidades de arejar mentes, tantas chances de contribuir para a modernidade do país, que ficar de mau humor é como um canal de dispersão de energia (…) O fato de eu e Joaquim Barbosa termos conquistado o Faz Diferença mostra que a sociedade está conhecendo mais o STF, que vem entendendo com mais clareza o seu papel de instituição concretizadora da lei maior do país, que é a Constituição. O STF se aproxima da sociedade, que retribui”, disse.
Britto agradeceu ainda à sua mulher, Rita Ayres Britto, pela presença constante em sua vida e disse se sentir privilegiado por servir ao STF. “Eu me sinto extremamente feliz e honrado por receber um prêmio com nome tão sugestivo: Faz Diferença. Sinto-me ainda mais privilegiado pelo destino em face da oportunidade que tive de servir ao país na Suprema Corte”.
Confira abaixo a lista de vencedores do Prêmio em cada categoria:

Personalidade do ano –  Joaquim Barbosa
Categoria País – Ayres Britto
Categoria Rio – Liszt Vieira
Categoria Mundo - Alexandre Feitosa
Categoria Revisa Amanhã - Édison Carlos
Categoria Ciência/Saúde - Jerson Lima e Silva
Categoria Cinema - Selton Mello
Categoria Música - Gal Costa
Categoria Revista da TV – Novelva “Avenida Brasil”
Categoria Revista O Globo – Marcus Vinicius Faustini
Categoria Teatro - Bibi Ferreira
Categoria Prosa – Festa Literária Internacional das UPPs (Flupp)
Categoria Esportes - Zé Roberto Guimarães
Categoria Economia – Maria das Graças Fostes
Categoria Educação - Isadora Faber
Categoria Economia/Desenvolvimento do Rio - L'Oréal
Categoria Caderno Ela - Alex Atala
Categoria Artes Visuais - CCBB
Fonte: Consultor Jurídico

terça-feira, 26 de março de 2013

0

ESTADO DECRETA PONTO FACULTATIVO NA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA (28)

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Somente serviços essenciais vão funcionar durante a Semana Santa.
Expediente volta ao normal na segunda-feira (1º).
Por meio de nota enviada à imprensa, o Governo do Estado informou que a próxima quinta-feira (28) será de ponto facultativo para os servidores públicos estaduais em todo o Maranhão. De acordo com a Casa Civil, "somente os órgãos que prestam serviços essenciais à população, a exemplo de hospitais e delegacias" vão funcionar.
Da mesma forma, a prefeitura de Buriti, órgãos do judiciário federal e estadual também devem paralisar as atividades a partir de quinta-feira (28).
27

PREFEITURA DE BURITI FARÁ DISTRIBUIÇÃO DE PEIXES AMANHÃ (27).

Compartilhe:

Print Friendly and PDF



Seguindo o gesto tradicional do ex-prefeito Neném Mourão durante a semana santa, a prefeitura municipal de Buriti, sob administração de Rafael Mesquita, fará nessa quarta (27) distribuição de peixes, prioritariamente, às famílias carentes de Buriti.
A ação será coordenada pela secretaria municipal de Assistência Social, comandada pela ex-primeira dama Ivonilce Mourão, e terá início às 6h, em frente ao Palácio Municipal Bernardo Costa Almeida, sede do governo municipal.

domingo, 24 de março de 2013

1

EXIGIMOS JUSTIÇA, EXIGIMOS RESPEITO!

Compartilhe:

Print Friendly and PDF



sábado, 23 de março de 2013

7

BURITI (MA) NÃO TEM MAIS SEGURANÇA: AGÊNCIA DOS CORREIOS É ASSALTADA DE NOVO.

Compartilhe:

Print Friendly and PDF



ESSA É A SEXTA VEZ QUE A AGÊNCIA DOS CORREIOS DE BURITI SOFRE ASSALTO. SÓ NESTE ESTE ANO JÁ SÃO DOIS.
A agência dos correios de Buriti (MA) foi assaltada na tarde desta sexta-feira (22) por dois bandidos fortemente armados.
Os criminosos, cientes da facilidade para roubar em Buriti, anunciaram o assalto assim que chegaram à agência. Sem resistência, os criminosos fugiram em uma moto. Não foram divulgados os valores roubados.
A polícia de Buriti, ágil em apreender motos de buritienses que não usam capacetes, ainda não tem a menor noção para onde fugiram os bandidos. Talvez esteja concentrada na investigação de quem pôs o gravador com a arma que tentaram assassinar o técnico em radiologia Gilberto Sousa, conhecido como Gilbert ou “homem bomba” do ex-prefeito, na lan house de um servidor da prefeitura municipal.
É de se destacar que essa onda de assaltos não se limita apenas aos correios. Também já foram alvos vários pontos comerciais de Buriti (MA), como Comercial Borges, Casa lotérica, Comercial Agrozoo e Casa Nova, entre outros.
Clique nos links abaixo e leia outros casos de insegurança:







quarta-feira, 20 de março de 2013

4

GOVERNO E PRESIDENTA DILMA BATEM RECORDES DE APROVAÇÃO

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Dilma mantém popularidade em alta, diz pesquisa
*Por Repórter da Agência Brasil
A aprovação do governo Dilma Rousseff bate novo recorde, com 63% dos brasileiros avaliando a gestão da presidenta como boa ou ótima, segundo a pesquisa CNI-Ibope, divulgada hoje (19) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Para 29%, a gestão do governo é avaliada como regular, enquanto 7% a consideram ruim ou péssima.
A aprovação do modo de governar e a confiança na presidenta também bateram recordes: 79% dos brasileiros aprovam o governo Dilma, contra 17% de desaprovação; e 75% confiam na presidenta, contra 22% que dizem não confiar. O otimismo com relação ao restante do governo cresceu três pontos percentuais e atingiu a marca de 65%.
Nas duas últimas pesquisas, divulgadas em setembro e dezembro, o índice que avaliou a gestão da presidenta como boa ou ótima se manteve estável em 62%. A estabilidade na avaliação havia se mantido também no que se refere ao percentual de pessoas que consideravam o governo regular (29%) e ruim/péssimo (7%); e na expectativa positiva das pessoas em relação ao restante do governo, com 62% manifestando ótima ou boa expectativa – mesmo índice da pesquisa anterior.
Em dezembro, a pesquisa havia apontado que 78% dos brasileiros aprovavam o modo de governar da presidenta, enquanto 17% desaprovava; e que 73% das pessoas confiavam nela.
Para 61% dos brasileiros, o governo Dilma é igual ao do ex-presidente Lula. A novidade é que pela primeira vez o percentual que considera o atual governo melhor que o de Lula (20%) é maior do que o que considera o contrário (18%). Na pesquisa de dezembro, 21% considerava o governo Lula melhor, e 19% considerava o de Dilma melhor.
A pesquisa CNI-Ibope foi feita entre os dias 8 e 11 de março, a partir de 2.002 entrevistas em 143 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais e o grau de confiança do estudo é de 95%.

sábado, 16 de março de 2013

0

ONU APROVA MEDIDAS CONCRETAS PARA COMBATER VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES

Compartilhe:

Print Friendly and PDF



Mais de 130 países aprovaram nesta sexta-feira nas Nações Unidas uma declaração conjunta que condena com firmeza a violência contra mulheres e meninas no mundo e na qual se comprometem a tomar medidas concretas para acabar com esse mal. O acordo foi feito pelos países participantes da 57ª edição da Comissão da ONU sobre a Situação da Mulher (CSW, na sigla em inglês), encerrada nesta sexta em Nova York após duas semanas de debates.
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse acreditar que o acordo se transformará agora em medidas concretas dos países para ajudar a prevenir a violência e fornecer às vítimas o acesso à Justiça e a serviços de assistência. "A violência contra as mulheres é uma horrenda violação dos direitos humanos, uma ameaça global, uma ameaça para a saúde pública e um escândalo moral", disse Ban.
O documento aprovado pede, entre outras coisas, a proibição dos casamentos de menores de idades e os forçados, além do fim da mutilação genital feminina. O texto também fala da necessidade em fornecer métodos contraceptivos de emergência e permitir o eventual aborto de vítimas de violência sexual.
Segundo dados da ONU Mulheres, sete em cada dez mulheres em todo o mundo assegura ter sido vítima de abusos físicos ou sexuais em algum momento de sua vida, na maioria dos casos cometidos por seus companheiros. As negociações não estiveram isentas de polêmicas, como as reservas expressadas por países como Arábia Saudita, Irã, Líbia e Sudão, além da Santa Sé, com relação às referências explícitas aos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres.
O texto também contou com a oposição do Egito, que assinou o acordo apesar de o grupo islâmico Irmandade Muçulmana ter denunciado um dia antes que a minuta da declaração "viola os princípios da lei islâmica".
Fonte: Agencia EFE

sexta-feira, 15 de março de 2013

5

MINISTÉRIO DA FAZENDA, EM COMUNICADO DIVULGADO NESTA QUINTA-FEIRA (14), DIZ QUE NEGÓCIO DA TELEXFREE NÃO É SUSTENTÁVEL.

Compartilhe:

Print Friendly and PDF



Empresa não tem autorização para vender produtos nem oferecer telefone por internet.
A suspeita é que se trata de um esquema de pirâmide financeira, o que é crime contra a economia popular.
* Matéria publicada originalmente em Portal Ig.com.br, 14/03/2013 15:25:07 - Atualizada às 14/03/2013 19:36:14.
O negócio Telexfree, de venda de pacotes de telefonia pela internet (VoIP, na sigla em inglês), não é sustentável e sugere um esquema de pirâmide financeira, o que é crime contra a economia popular. Essa é a conclusão da Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda (Seae/MF) em comunicado divulgado nesta quinta-feira (14).
O órgão afirma ainda que a empresa responsável pelo negócio a Ympactus Comercial LTDA., não tem parcerias com operadoras de telefonia móvel ou fixa, o que seria necessário para garantir a oferta dos serviços de VoIP, nem autorização para praticar atividades de comércio.
Apresentado como um sistema de telefonia VoIP vendido por meio de marketing multinível – em que cada vendedor ganha por atrair mais vendedores para o negócio –  o Telexfree está sob suspeita de ser um esquema de pirâmide, e é investigado pelos  ministérios da Justiça e da Fazenda e pelos ministérios públicos de Acre, Pernambuco, Bahia, Mato Grosso, Espírito Santo e Minas Gerais. 
O negócio e a empresa vinham sendo investigados pelos ministérios da Justiça e da Fazenda. Até a última terça-feira (12), a própria Seae tratava o tema como denúncia relativa à captação de poupança popular. O órgão já tinha conhecimento de reclamações contra o Telexfree dos Procons de Acre e Pernambuco e dos ministérios públicos de Acre e Mato Grosso.
De acordo com o órgão, há indícios de duas irregularidades: estímulo à economia informal, porque “os ganhos financeiros mais substantivos não advêm dos anúncios, mas sim do ingresso de novos divulgadores na rede do divulgador inicial (...) Se não houver o ingresso de novos interessados, é impossível obter os ganhos anunciados, indicando, salvo interpretação contrária, a falta de sustentabilidade do negócio.” Além disso, o documento cita que a empresa exige exercício de duas atividades, divulgador e comerciante, para o recebimento de apenas uma.
Entrada da PF no caso depende do ministro Cardozo
As conclusões da análise feita pela secretaria serão encaminhadas à Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público Federal (MPF). Segundo a PF, até o final da tarde desta quinta-feira o documento não havia sido formalmente recebido. A assessoria informa que o corregedor avalia que a jurisprudência trata casos semelhantes como estelionato, o que afastaria da Polícia Federal a atribuição sobre a Telexfree. Porém, há possibilidade de o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo determinar instauração de inquérito por conta de eventuais complicações e pelo número de pessoas prejudicadas.
Advogado rebate alegações
O advogado da empresa, Horst Fuchs, rebate as conclusões da Seae. Sobre a sustentabilidade do negócio, afirma que "os preços das contas VoIP já embute a remuneração aos divulgadores" e que "não há oferta de ganhos altos e rápidos".
"O pagamento de comissões é proporcional às vendas dos pacotes VoIP, sendo de 1 a 2% do total do preço do pacote”, diz ao iG .
Sobre a alegação de que a empresa não tem autorização para realizar comércio, Fuchs afirma que a Ympactus "não pratica comércio uma vez que o produto VoIP é entregue pela Telexfree dos EUA", onde a empresa tem uma base operacional.  O advogado também diz que não é necessário parceria com operadoras de telefonia no Brasil porque esse contrato existe naquele país. 
- LEIA ABAIXO COMUNICADO DA TELEXFREE:
COMUNICADO TELEXFREE
Esclarece a YMPACTUS COMERCIAL LTDA, em razão da NOTA DE ESCLARECIMENTO sobre as atividades da TELEXFREE exarado pela Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda (SEAE/MF) os seguinte pontos:
1. Confirmou-se que a TelexFREE não faz captação antecipada e, por tal razão não está obrigada a obter a autorização daquela Secretaria;
2. A TelexFREE não pratica a venda de bens ou serviços, motivo pela qual não necessita obter autorização de atividades de comércio; a entrega das contas VoIP é efetuada diretamente pela TelexFREE dos Estados Unidos aos consumidores em qualquer lugar que se encontrem; em outros termos, é naquele paíse que ocorre a prestação de serviços VoIP.
3. Como a realização dos serviços é efetuada nos Estados Unidos a partir do acesso à internet, os usuários que adquirem as contas é que devem contratar, individualmente seu serviço de Internet; ademais, a contratação de carrier é efetuada também por que presta o serviço, isto é, pela TelexFREE dos E.U.A.
4. Não há incentivo de economia informal, uma vez que a renda que um divulgador obtém é informado diretamente à Secretaria da Receita Federal como sendo renda de pessoa física e assim é tributado, com retenção na fonte e devido recolhimento, de acordo com a tabela própria do Ministério da Fazenda; as atividades que o divulgador realiza voltam-se apenas para os pacotes que adquiriu e pretende revender, desta forma, ao aceitar os termos gerais do contrato, o divulgador está plenamente ciente de sua atuação e quanto receberá por ela.
5. O valor das bonificações são na exata proporção dos serviços que o divulgador realiza, não podendo ser configurados como excessivos já que o REGULAMENTO GERAL estabelece os percentuais cujo valor já se encontra embutido no custo total das contas VoIP oferecidas.
Atenciosamente,
TELEXFREE/YMPACTUS COMERCIAL LTDA"
← Anterior Proxima → Página inicial

Usuários on-line


usuários online