"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

3

Estudo revela novos indícios sobre a ressurreição de Jesus Cristo

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Grupo de arqueólogos e especialistas fizeram novas pesquisas e descobertas a partir de um túmulo localizado em Jerusalém há três décadas

Um grupo de arqueólogos e especialistas em assuntos religiosos apresentou em Nova York as conclusões de uma pesquisa que apresenta indícios da ressurreição de Jesus a partir de um túmulo localizado em Jerusalém há três décadas.
"Até agora me parecia impossível que tivessem aparecido túmulos desse tempo com provas confiáveis da ressurreição de Jesus ou com imagens do profeta Jonas, mas essas evidências são claras", afirmou nesta terça-feira à Agência Efe o professor James Tabor, diretor do departamento de estudos religiosos da Universidade da Carolina do Norte, um dos responsáveis pela pesquisa.
O túmulo em questão foi descoberto em 1981 durante as obras de construção de um prédio no bairro de Talpiot, situado a menos de quatro quilômetros da Cidade Antiga de Jerusalém. Um ano antes, neste mesmo lugar, foi encontrado um túmulo que muitos acreditam ser de Jesus e sua família.
Ao lado do professor de Arqueologia Rami Arav, da Universidade de Nebraska, e do cineasta canadense de origem judaica Simcha Jacobovici, Tabor conseguiu uma permissão da Autoridade de Antiguidades de Israel para escavar o local entre 2009 e 2010.
Em uma das ossadas encontradas, que os especialistas situam em torno do ano 60 d.C., é possível ver a imagem de um grande peixe com uma figura humana na boca, que, segundo os pesquisadores, seria uma representação que evoca a passagem bíblica do profeta Jonas.
A pesquisa, realizada com uma equipe de câmeras de alta tecnologia, também descobriu uma inscrição grega que faz referência à ressurreição de Jesus, detalhou à Agência Efe o professor Tabor, que acrescentou que essa prova pode ter sido realizada "por alguns dos primeiros seguidores de Jesus".
"Nossa equipe se aproximou do túmulo com certa incredulidade, mas os indícios que encontramos são tão evidentes que nos obrigaram a revisar todas as nossas presunções anteriores", acrescentou o especialista, que acaba de publicar um livro com todas as conclusões de sua pesquisa, "The Jesus Discovery".
O professor reconhece que suas conclusões são "controversas" e que vão causar certo repúdio entre os "fundamentalistas religiosos", enquanto outros acadêmicos seguirão duvidando das evidências arqueológicas da cristandade.
Anteriormente, essa mesma equipe de pesquisadores participou do documentário "O Túmulo Secreto de Jesus", produzido pelo cineasta James Cameron. Na obra, os arqueólogos encontraram dez caixões que asseguram pertencer a Jesus e sua família, incluindo Virgem Maria, Maria Madalena e um suposto filho de Jesus.
Segundo o documentário, as ossadas encontradas supostamente apresentavam inscrições correspondentes às identidades de Jesus e sua família, o que acaba reforçando a versão apresentada no livro "O Código da Vinci", de Dan Brown, o mesmo que indica que Jesus foi casado com Maria Madalena e que ambos teriam tido um filho juntos.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

1

BOMBA: Buriti está entre as cidades em que metade do recurso para enchente foi usado irregularmente no MA, diz CGU.

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Auditoria da CGU revela que quase R$ 600 mil reais de recursos do governo federal destinado à recuperação de escolas e postos de saúde nos povoados atingidos pelas chuvas, no ano de 2009, foram usados em asfalto e em vias, em Buriti.
De acordo com a matéria do jornalista Wilson Lima, de 31 de janeiro, no jornal pequeno, Auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) revelou que metade dos recursos gastos para reparação de danos das enchentes ocorridas no Maranhão em 2009 foi aplicada irregularmente.
Entre os problemas encontrados pelos técnicos da CGU estão desvio de finalidade, execução de projetos não emergenciais, indícios de fraudes em processos licitatórios e baixa qualidade de serviços executados.
O governo do estado negou as irregularidades. Em nota oficial informou que todas as ações da Secretaria de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), responsável pela implementação desses projetos, 'seguiram os trâmites legais e processuais, de acordo com a legislação vigente'.
O executivo reconheceu, porém, 'que teve dificuldades em fiscalizar toda a extensão da execução dos serviços propostos'.
Segundo relatório técnico obtido pelo portal iG, de R$ 17.083.054,58 fiscalizados pela CGU, R$ 8.584.210,43 foram gastos de forma irregular no estado – 50,6% do total. Esses recursos deveriam ser destinados à reconstrução de postos de saúde, escolas, construção de moradias fora de áreas de risco, recuperação de estradas vicinais ou implementação de ações de recuperação da atividade rural no interior do Maranhão. A auditoria foi realizada em 24 municípios do interior do estado.
Em 2009, cerca de 130 mil pessoas ficaram desabrigadas (dependeram de abrigos públicos) ou desalojadas (estava em casas de parentes ou amigos) em 96 municípios. Cidades inteiras como Trizidela do Vale ficaram embaixo d'água, tiveram estradas cortadas e povoados isolados.
 Segundo o relatório técnico da CGU, em Buriti de Inácia Vaz, 316 km da capital, 37 povoados foram atingidos pelas chuvas. Houve destruição de postos de saúde e estradas. Escolas estavam inacessíveis e moradores ficaram sem energia elétrica.
No entanto, conforme o relatório do CGU, os recursos do governo federal de R$ 596.386,04, foram destinados ao asfaltamento de ruas na sede do município ao invés da recuperação da estrutura nos povoados.
Além de Buriti de Inácia Vaz, a CGU detectou desvio de finalidade na aplicação de recursos pelo governo do estado em outros quatro municípios: Itapecuru Mirim, Matinha, São Bernardo e Vargem Grande.
O relatório técnico da CGU também detectou outros tipos de irregularidades, como a contratação de empresas por meio de dispensa de licitação sem justificativa aparente. Foram 23 processos de dispensa de licitação. Em todos havia irregularidades.
 Em nota oficial, a Secretaria de Comunicação do governo do estado disse que o atendimento às vítimas das enchentes foi realizado sempre de maneira 'ágil e emergencial, ainda mais quando esta atinge o nível registrado no Maranhão em 2009'. 'Por isso, o governo intermediou e buscou dar celeridade ao processo de obtenção de recursos pelos municípios maranhenses junto ao Ministério da Integração Nacional', informou o governo, que complementou: 'Todas as ações da Secretaria de Cidades e Desenvolvimento Urbano seguiram os trâmites legais e processuais, de acordo a legislação vigente'.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

2
Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Piso nacional do magistério de 2012 é definido em R$ 1.451
* Da Agência Brasil
O Ministério da Educação (MEC) definiu em R$ 1.451 o valor do piso nacional do magistério para 2012, um aumento de 22,22% em relação a 2011. Conforme determina a lei que criou o piso, o reajuste foi calculado com base no crescimento do valor mínimo por aluno do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) no mesmo período.
A Lei do Piso determina que nenhum professor pode receber menos do que o valor determinado por uma jornada de 40 horas semanais. Questionada na Justiça por governadores, a legislação foi confirmada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado.
Entes federados argumentam que não têm recursos para pagar o valor estipulado pela lei. O dispositivo prevê que a União complemente o pagamento nesses casos, mas, desde 2008, nenhum estado ou município recebeu os recursos porque, segundo o MEC, não conseguiu comprovar a falta de verbas para esse fim.
Em 2011, o piso foi R$1.187 e em 2010, R$ 1.024. Em 2009, primeiro ano da vigência da lei, o piso era R$ 950. Alguns governos estaduais e municipais criticam o critério de reajuste e defendem que o valor deveria ser corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), como ocorre com outras carreiras.
Na Câmara dos Deputados, tramita um projeto de lei que pretende alterar o parâmetro de correção do piso para a variação da inflação. A proposta não prosperou no Senado, mas na Câmara recebeu parecer positivo da Comissão de Finanças e Tributação. A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) prepara uma paralisação nacional dos professores para os dias 14,15 e 16 de março com o objetivo de cobrar o cumprimento da Lei do Piso.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

3

STF VALIDA O JULGAMENTO DE PREFEITO PELO TCE PREVISTO NA LEI DA FICHA LIMPA

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


* Extraído do site do TCE/MA
No julgamento que declarou no dia 16/02, a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, o Supremo Tribunal Federal (STF) referendou o dispositivo que valida o julgamento de prefeitos pelos Tribunais de Contas sempre que figurarem como ordenadores de despesa. O preceito está contido na parte final da alínea g do inciso I do artigo 1º da Lei Complementar nº 64/90, com a redação dada pela Lei Complementar nº 135/10 (Lei da Ficha Limpa), segundo a qual se aplica “o disposto no inciso II do artigo 71 da Constituição Federal a todos os ordenadores de despesa, sem exclusão de mandatários que houverem agido nessa condição”. Esse dispositivo constitucional dispõe sobre o julgamento dos ordenadores de despesa pelo Tribunal de Contas.
 Ao apresentar os respectivos votos, os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Celso de Mello destacaram especificamente o entendimento de que o julgamento do prefeito ordenador de despesa pelo Tribunal de Contas é inconstitucional. Apesar de adesão do ministro Cesar Peluso, essa posição não foi acolhida pelos outros sete ministros. O ministro Marco Aurélio, pertencente à corrente majoritária, quanto ao conteúdo da citada alínea g, disse: “não vislumbro a necessidade de se ressalvar o inciso I do artigo 71 (da Constituição Federal)”, sendo “constitucional o preceito”; essa norma constitucional prevê o julgamento político realizado pelo Parlamento.
Estudioso do assunto, o conselheiro do Tribunal de Contas do Maranhão, Caldas Furtado, avalia que o entendimento do STF reforça a posição dos TC´s no âmbito do controle externo do país. “A decisão preserva uma das mais importantes atribuições estabelecidas pelo constituinte originário aos Tribunais de Contas, que é o de promover a reparação de dano patrimonial mediante o julgamento técnico daqueles que ordenam despesas”, explica.
Um dos pioneiros nesse aspecto, o TCE-MA adota modelo que separa o processamento e julgamento das contas de gestão das contas de governo que vem servindo de paradigma para outras Cortes de Contas. A corte de contas maranhense já recebeu delegações dos estados do Mato Grosso e Piauí com o propósito de aproveitar o procedimento.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

7

PREFEITURA MUNICIPAL REALIZA O CARNAVAL MAIS PROLONGADO DA HISTÓRIA DE BURITI.

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Com direito a lava-pratos na quarta-feira de cinzas e uma profusão de bandas de boa qualidade, a produtora Theo Produções, de propriedade de Teodorinho, com o aval da prefeitura municipal, realizou o maior carnaval de Buriti trazendo aos foliões de Inácia Vaz 10 bandas para animação. São elas: Chibata Quente, Buriti com Mel, Toda Boa, Mulher Chorona, Cintura Elétrica, Sabor de Maçã, Skema 7, Forrozão Evolução, Banda Satélite e Banda Chicletana da Bahia. Esta última foi contratada de última hora para tocar na terça de carnaval e no lava-pratos, quarta-feira (23), a pedido da Theo produções, que demonstrou talento e competência para organização de um carnaval.
A superação no Carnaval de 2012 também se deu pelo resgate da tradição de vesperais para crianças e jovens no Cine Teatro com animação da radiola Raios do Som e DJ só de mal.
Ainda houve arrastão com os blocos sujos pelas principais ruas da cidade, com Trio Quebra Galho e participação dos músicos maestro Gilberth, Gilson Lima, Bobô e Bidô, no sábado de carnaval (18).
Na terça, à tarde, teve desfile dos blocos Vem Comigo e Os Bengalas, juntos, no corredor da folia.

Teve também o 7º ano consecutivo do tradicional Carnaforregae com a radiola RAIOS DO SOM E DJ SÓ DE MAL, na União Artística Operária Buritiense nas quatro noites carnavalescas. 
Além disso, na Piscina Bar, organização de Firmino, houve animação nas tardes de domingo (19) e terça (21) com o Skema 7 agitando até às 19 horas.
O Carnaval ainda foi incrementado com os diversos blocos, com destaque para o novíssimo e atraente Bloco Leva Noiz, que deu início ao Carnaval na quinta (16) com o lançamento do seu abadá ao som da requisitada banda Chica Égua de Teresina-PI; e para o Bloco Vem Comigo, que inovou e preparou no domingo (19) uma área VIP, com tenda e pista de dança com o DJ Guabiru de Teresina-PI e som automotivo, para os foliões do bloco. Teve também a tradicional feijoada do bloco Os Bengalas no sábado (18), com participação agitada de seus foliões.
Para completar a festa dos blocos o carnaval contou também com a participação dos blocos Bacuritiba, Unidos de Buriti, Bom de Fêmea, além de outros abadás como Bloco Opção e do próprio Correio Buritiense.
Como forma de incentivo aos foliões do carnaval 2012, a prefeitura doou um incentivo total de R$ 6 mil reais, distribuído entre os seis principais blocos da cidade. Os blocos Os Bengalas, Bacuritiba e Vem Comigo receberam cada um R$ 1.200 reais; enquanto o Bom de Fêmea recebeu R$ 1.000 reais, Unidos de Buriti, R$ 800 reais, e o Leva Noiz, R$ 600 reais.
As quatro noites de carnaval oficial tiveram nomes específicos e criativos: SÁBADO - BAILE DO QUEBRA GALHO; DOMINGO– BAILE DA ALEGRIA; SEGUNDA – BAILE À FANTASIA; TERÇA – BAILE DA RESSACA; e QUARTA – LAVA-PRATOS.
ABAIXO IMAGENS QUE FORAM DESTAQUES DO CARNAVAL 2012

Bloco do Correio Buritiense com Reginaldo Veríssimo, editor do blog Tubi News.
Esq.para direita: prefeito Neném Mourão, vereador Compadre Marcos e secretário Helitan.












Bloco Opção no domingo carnavalesco da Piscina .


Zé Ernandes, presidente da AVB e do Bloco Os Bengalas.


Ademar Lago cai na folia na área VIP do Bloco Vem Comigo

Lucas Machado, Ademar Lago e Elison Morais.





Não teve chuva que impedisse os foliões no lava-pratos.

Alex Borges


No centro, Saulo - o fenômeno dos teclados



ALIANDRO BORGES, Redator-chefe do Correio Buritiense.


Acenando para o Correio Buritiense, Teo, principal responsável pelo bom carnaval de 2012, da produtora Theo Produções

No centro, ZUCA Marques, prefeitável do Movimento Popular Libertador.

Em destaque, Raimundo Camilo,presidente da Câmara Municipal e acenando,o vereador Compadre Marcos.

Redator do Correio Buritiense no Vesperal Infanto-juvenil no Cine teatro.


DJ só de mal e Aliandro Borges,redator do Correio

O imbatível folião Peteca.

ABAIXO ASSISTA AOS VÍDEOS DO CARNAVAL 2012

Discurso do prefeito Neném Mourão na terça de carnaval

Banda Mulher Chorona destaca o Correio Buritiense

Banda Chicletana e a dança do grilo

Skema 7


7

FOLIÕES EM LAVA-PRATOS, NA CHUVA, COM BANDA CHICLETANA.

Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Chicletana, banda baiana contratada na terça (21) para tocar nesse dia e no inédito lava-pratos de quarta-feira de cinzas, foi uma sensação a parte, pois nem mesmo a chuva impedira os foliões de caírem na folia dos chicletaneiros.
A banda tem entre seus componentes MARKINHOS (Percussão), TULA (Percussão), THIAGO (Teclado), DIEGO (Guitarra), BINHO (Voz), DANILO (Bateria), MATHEUS (Percussão).

IMAGENS DA TERÇA CARNAVALESCA E DO LAVA-PRATOS COM CHICLETANA
IMAGEM QUE MARCOU O CARNAVAL DE ALEGRIA, MESMO COM CHUVA FOLIÕES PULAM E DANÇAM

























← Anterior Proxima → Página inicial

Usuários on-line


usuários online