"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

COMPRE JÁ

COMPRE JÁ

Confraternização da Amib

Confraternização da Amib

sábado, 18 de fevereiro de 2012

1
Compartilhe:

Print Friendly and PDF


Ao contrário da maioria dos répteis, o Potamites montanicola não passa horas no Sol para se aquecer 

Répteis, grupo do qual fazem parte lagartos, cobras e jacarés, não são capazes de manter uma temperatura corporal constante, como nós, os mamíferos, ou como as aves. Eles dependem do ambiente e, sobretudo, do Sol para manter-se aquecidos. Por isso é comum vê-los descansando em pedras durante o dia. Pelo mesmo motivo, são mais numerosos em áreas tropicais.
Uma nova espécie de lagarto foi descoberta no Peru, a 2.100 metros de altitude, e intrigou os cientistas. Répteis não regulam a própria temperatura corporal sozinhos, precisam do calor do Sol e do meio ambiente para que se mantenham aquecidos — algo difícil a essa altitude.
Ainda mais estranho, o Potamites montanicola, ou habitante da montanha, como foi batizado, aparenta ter hábitos noturnos, evitando a luz do Sol, e foi visto nadando em riachos, algo que não ocorre com outros representantes do mesmo gênero. Os parentes próximos desse lagarto multicolorido vivem a baixas altitudes e em ambientes quentes e úmidos, como a Floresta Amazônica.
As várias cores dos lagartos peruanos P. montanicola
Os lagartos foram encontrados nas montanhas da Cordilheira Vilcabamba, nos Andes peruanos, no sul do país, e no vale do rio Apurimac, em altitudes variando entre 1.600 e 2.100 metros. Mas o habitat natural do réptil pode ser maior.
"Mais estudos são necessários para conhecer sua biologia, estrutura populacional e estado de conservação, além da distribuição espacial", afirmou Germán Chávez, pesquisador do Centro de Ornitologia e Biodiversidade do Peru. Os pesquisadores publicaram um artigo na revista ZooKeys.
← Anterior Proxima → Página inicial

1 COMENTÁRIOS:

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online