"Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa”.

(1º Princípio da Declaração de Chapultepec)

Visualizações desde 31 de Julho de 2009

COMO VOCÊ AVALIA OS 100 PRIMEIROS DIAS DA GESTÃO NALDO BATISTA?

IMPOSTOS MUNICIPAIS ARRECADADOS PARA BURITI-MA

terça-feira, 5 de abril de 2011

1
Compartilhe:

Print Friendly and PDF


NOSSA LÍNGUA
Novo Acordo Ortográfico
          Após 18 anos de sua elaboração,o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa finalmente saiu do papel. O Brasil foi o primeiro país entre os que integram a CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) a adotar oficialmente a nova grafia, que já está em vigor desde 1º de janeiro de 2009. No mundo, mais de 230 milhões de pessoas falam o português com duas grafias diferentes, por isso o acordo veio pôr a língua numa única vestimenta gráfica internacionalmente aceita, facilitando o ensino e a compreensão por todos.No Brasil acordo só passará a ser obrigatório a partir de janeiro de 2013.
 O Correio Buritiense inicia agora na seção Nossa Língua, uma uma sequencia de explicações sobre as novas regras.
  •  O alfabeto passa a ter 26 letras com inclusão de "K", "W" e "Y" (A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z).
  •  O trema desaparece em todas as palavras da língua portuguesa, sendo mantido apenas em caso de palavras de línguas estrangeiras e derivados (Citroën, Müller, Hübner, Bündchen, mülleriano).
Como era: lingüiça, conseqüência, pingüim, cinqüenta, delinqüente, eloqüente, freqüente, argüir, bilíngüe.
Como fica: linguiça, consequência, pinguim, cinquenta, delinquente, eloquente, frequente, arguir, bilíngue.
  •  Pelo Acordo ficou facultativo o uso de letras maiúsculas em: designações dos domínios do saber (química ou Química; física ou Física), títulos (Doutor/doutor Vasconcelos;Santo/santo Agostinho) e categorizações de logradouros (Avenida/avenida Tiradentes) de templos ( Igreja/igreja do Carmo) e edifícios (Edifício/edifício JK).
  •  O Acordo proíbe a contração da preposição com o artigo ou com o pronome, considerando que o sujeito de uma sentença não pode ser preposicionado:
ERRADO:
"Não é fácil de explicar o fato dos professores ganharem tão pouco".
"É tempo dele sair".
"Já é tempo delas voltarem".
CORRETO: 
"Não é fácil de explicar o fato de os professores ganharem tão pouco". 
"É tempo de ele sair".
"Já é tempo de elas voltarem".

Fonte: Jornal Folha de São Paulo; Guia Prático da Nova Ortografia (Editora Melhoramentos) e Escrevendo Pela Nova Ortografia(Instituto Houaiss).
← Anterior Proxima → Página inicial

1 COMENTÁRIOS:

  1. O que Buriti precisa são de pessoas capacitadas para governar a cidade...Todos os que estão cotados para serem o futuro prefeito estão ligados ou já estiverão ligados ao atual prefeito Nenem Mourão...que todos falam mais se ele chamar para apoiar qualquer um deles vão na hora,alias o homem, atualmente que tem voto na cidade é ele...vamos vê o que vai dar na eleição de 2012 pois apesar de está faltando 1 ano e pouco meses,muita coisa pode acontecer....mais desses todos ai somente 01 me agrada...e só vai dar ele,quer vê espera...Hahaha

    ResponderExcluir

O COMENTÁRIO NÃO REPRESENTA A OPINIÃO DO BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM. OFENSAS PESSOAIS, MENSAGENS PRECONCEITUOSAS, OU QUE INCITEM O ÓDIO E A VIOLÊNCIA, OU AINDA ACUSAÇÕES LEVIANAS NÃO SERÃO ACEITAS. O OBJETIVO DO PAINEL DE COMENTÁRIOS É PROMOVER O DEBATE MAIS LIVRE POSSÍVEL, RESPEITANDO O MÍNIMO DE BOM SENSO E CIVILIDADE.

Usuários on-line


usuários online